triangle dotted-square solid-square circle

Parapsicologia

parapsicologia silvio guerrinha

O que é a Parapsicologia?
Apesar de existirem diferentes definições, seja na wikipédia ou de variados autores, cada qual define à sua maneira. A minha definição de parapsicologia é que se trata de uma paraciência, ou seja uma ciência que vai além do usual e que estudo os fenómenos paranormais, ou seja parafísicos. Nesse sentido a Metafísica é similar.

Tenho uma visão mais abrangente da parapsicologia e englobo neste ramo variadíssimos fenómenos desde: mediunidade, desenvolvimento psíquico, poltergeist e outros tipos de manifestações de entidades extrafísicas, projecção de consciência, visão remota, cura à distância, Transcomunicação instrumental, entre outros.

Os estudiosos da parapsicologia geralmente querem ter uma abordagem mais científica dos fenómenos que estudam e costumam distanciar-se dos temas de espiritismo e ocultismo (que eles consideram superstição ou folclore), porém eu não separo as coisas.
A Prática do espiritismo, xamanismo, ocultismo e todos os fenómenos espirituais são os mesmos que estudados pela parapsicologia, apenas os nomes e expressões são diferentes.
Um espírito ou fantasma, do folclore, pode ter um nome diferente consoante a linha de estudo, podemos denominar como entidade extrafísica, construct energético, aparição espectral, etc.
Um feitiço como é comumente conhecido, pode ter um nome mais técnico se tivermos imaginação, como: direcionamento energético intencional, evento ritual psicoenergético e por diante.
Precognição pode ter um nome técnico como: hiperestesia indireta do pensamento, cognição anómala, porém nomes são apenas roupagens, modos diferentes de apelidar o mesmo fenómeno, compreende? Todos os dias surgem novas expressões e termos, criados por diversos autores.

O que o Espiritismo apelida de faculdades medianímicas, a parapsicologia chama de Perceção extrasensorial (ESP) como: clarividência, precognição, telepatia, retrocognição, e outras.

Experiências fora do corpo (OOBE- Out of Body Experience) podem ser intencionais ou não intencionais. Quando alguém tem um acidente e fica em coma, recorda-se por vezes de estar flutuando em corpo astral na sala de operações, essa experiência é não voluntária espontânea, tal como por vezes em sonhos: desdobramento astral. Outras vezes temos estas experiências do forma intencional (viagem astral, projeção de consciência na meditação, ou em rituais mágicos ou êxtase).
O que conhecemos por aura, pode ser ainda denominada de: campo biofotónico, por exemplo.

Algumas faculdades conhecidas, como a psicocinese (ação da mente sobre a matéria) acredito que sejam reais, mas por vezes essas faculdades têm sido sobrevalorizadas ou exageradas, nem sempre os efeitos são surpreendentes como nos filmes de hollywood.
Ou seja acredito que por vezes os efeitos são em microescala (micro PK) em vez de macroescala. Por vezes pode acontecer espontaneamente psicocinese, sem que o indivíduo controle ou tenha noção disso (exemplo uma gaveta cair, um copo rachar, desaparecer um anel ou chave da sua mão etc), mas sem grande impacto ou efeito surpreendente em grande escala, mutantes da Marvel não existem na vida real.

Nos dias correntes, a própria Física quântica também estuda as propriedades não-locais da consciência humana e o cérebro holográfico, ciência e espiritualidade estão a criar pontes de união.

Fenómenos como cura remota (Reiki, cura prância e outros) ou feitiços são sempre formas de direcionar energia rumo a outra pessoa distante, seja para o bem ou para o mal, a parapsicologia define essas operações como bio-Pk ou DMILS (Direct Interaction of Life Systems, ou seja Interação Direta da mente sobre sistemas vivos).

Quando vejo websites, cujos autores alegam que a parapsicologia não estuda ocultismo nem magia, sinto vontade de rir. Alegam isso apenas por receio do ridículo e distanciar-se, coitados. Ou não entendem rigorosamente nada de ocultismo.
Milhares de anos atrás (antes de existir parapsicologia) os xamãs praticavam magia.

Qualquer ritual mágico ou operação mágica envolve sempre a mente, ou consciência e intenção do mago, o qual utiliza todas as suas faculdades psíquicas (mediúnicas) e faz direcionamento energético. Não é esse o mesmo modus operandi que os fenómenos parapsíquicos?!

Parapsicólogos acreditam que um indivíduo possa receber mensagens telepáticas de um espírito, mas não acreditam que o indivíduo possa receber mensagens de seres extraterrestres telepaticamente porquê? Segundo a Física quântica a consciência não tem fronteiras, entidades extraterrestres próximas da Terra (em naves) possuem faculdades telepáticas também.


Temos mais do que cinco Sentidos

sentidos

Temos vários sentidos, não apenas os 5 mais conhecidos (visão, olfato, paladar, audição, tacto).
Costuma dizer-se que as mulheres possuem o sexto sentido, porém os homens também.
O sexto sentido é a Intuição, todos os seres possuem intuição, nós não nos definimos pelo nosso corpo material (sexo, género, feminino ou masculino) porque acima de tudo somos espírito.
Existem muitos outros sentidos extrafísicos (alguns ainda pouco conhecidos pela ciência), o espiritismo chama-lhes faculdades medianímicas, a metafísica e a parapsicologia atribui-lhes nomes como: Telepatia, clarisentiência, claraudiência, precognição, psicocinese, vidência, entre mais.

Alguns desses dons são isso mesmo "dons", faculdades, nem todos são sentidos. Eu entendo por sentidos todos os mecanismos pelos quais recebemos informação ou sensação (input informativo), portanto a psicocinese não é um sentido, é um dom, pois exteriorizamos energia psíquica influenciando objetos, (ocorre um output, emissão de energia).

A vidência é um tipo de perceção extrasensorial (PES), que nos permite ver espíritos, ou outras coisas fora do espetro comum.
A claraudiência também é um sentido, permite-nos ouvir sons de outras realidades extrafísicas, de seres sobrenaturais ou espíritos. Clarasentiência também.
Precognição é uma variante de intuição e de visão psíquica, podemos saber com antecedência eventos futuros mas esses presságios manifestam-se de formas variadas (podem ser pensamentos, imagens mentais sendo assim vidência, ou intuições).

O processo de ver espíritos pode ocorrer através da nossa "terceira visão" (glândula pineal, chacra Ajna) a visão etérea com os olhos da alma, mas talvez os nossos olhos físicos também tenham um papel importante, pois a ciência descobriu que as nossas retinas possuem uma proteína (criptocroma), temos criptocromas CRY1 e CRY2.
O que significa que quando fazemos exercícios para desenvolver a visão psíquica, podemos estar também, inconscientemente, a desenvolver a capacidade dos olhos em ver coisas que possuem forma etérea, sutil (não física). Entende?

Um estudo liderado pelo cientista Steven Reppert e divulgado na publicação científica Nature Communications, revela que os humanos também possuem criptocromas (neste caso criptocromo-2) sensíveis ao campo magnético da Terra.
Nos anos 1980, um estudo do cientista Robin Baker, da Universidade de Manchester, na Inglaterra, concluiu por meio de experiências com milhares de voluntários que os humanos são, na verdade, sensíveis ao campo magnético da Terra.

A ciência recentemente descobriu-nos mais sentidos, um deles é a magnetorecepção (que vários animais como aves e morcegos, e alguns mamíferos possuem) capacidade de sentir o campo magnético da Terra.
O geofísico Joe Kirschvink, do Instituto de Tecnologia da Califórnia, diz que nós humanos herdámos dos nossos ancestrais essa faculdade (magnetorecepção) mas como utilizamos pouco esse sentido de orientação, ele ficou adormecido.

No meu ponto de vista, as pessoas mais espiritualizadas e sensitivas, conseguem sentir a presença de espíritos através da magnetorecepção, pois os espíritos também são compostos de partículas energéticas, uma massa energética (embora não materiais, pois têm frequência mais elevada) mas causam oscilação nas moléculas do ar, e alteração energética, a qual nós podemos sentir.


Estamos todos interligados, de vários modos.

Os nossos cérebros operam na frequência até 40HZ, tal como a frequência Schumann do planeta, a Frequência Schumann mantém-nos em sintonia.
Todos os nossos pensamentos, desejos, visualizações, ações, ficam magneticamente arquivados numa atmosfera informacional que rodeia a Terra (Noosfera, inconsciente coletivo, Akasha, entre outros nomes), assim também estamos ligados emocionalmente, energetica e psicologicamente.
A nossa Aura estende-se a alguns metros de distância, ao redor do corpo, aura é um campo biomagnético, também conhecida como Holochakra, os nossos chacras irradiam energia, e nosso corpo etéreo também, o chacra do coração é dos que possui um maior campo energético, as pessoas em nosso redor interagem com esse campo e nós com o campo delas, intercambiamos energia uns com os outros.

As nossas mentes estão interligadas umas às outras, independentemente da distância (mesmo a milhares de km) de diversas formas: ligados à Noosfera, mas também as nossas consciências que são não-locais (não-localidade, está em toda a parte e não num ponto específico, a nossa mente é omnipresente, holográfica), então todos somos uma só consciência.
Também possuímos neurónios-espelho, aqueles que nos fazem "sentir" as emoções dos outros. Fazem que nos sintamos identificados com personagens de um filme, ou quando vemos alguém se magoar sentimos a dor dessa pessoa, porque nos identificamos, mas também porque temos uma ligação não-local com as pessoas, através dos neurónios espelho que são receptores dessas ligações energéticas não-locais.

São os neurónios-espelho que nos permitem enviar e receber ondas de mentação (transmissão de pensamento à distância, telepatia), e influenciar mentalmente à distância (influência remota, telempatia).
As pessoas que sentem as emoções dos outros, chamam-se Empatas, a empatia é outro tipo de sentido extrafísico.



Alguns fenómenos Paranormais

Fenómenos paranormais


A parapsicologia é a ciência que estuda os fenómenos paranormais, contudo também a Metafísica e o Espiritismo estudam e explicam esses fenómenos.
Fica aqui uma lista resumida de alguns fenómenos paranormais.

Fotografias paranormais: Quando surgem vultos, entidades estranhas numa fotografia, mas o fotógrafo no momento que fotografava não viu nada estranho.
Aparições espectrais. Vultos, ou pessoas sombra (shadow people).
Apport (aporte): Objectos que desaparecem de forma inexplicável. Atribuído à influência dos espíritos.
Poltergeist, possessões espirituais.
Orbes.
Luzes paranormais (como luzes de caniceira, luzes de marfa etc).
Casas assombradas.
Combustão espontânea humana.
Raps: Sons estranhos de origem paranormal. Também chamados de toribismo.
No Espiritismo quando espíritos se comunicam por sons ou estalidos nos móveis, chão, etc chama-se a esse contactismo de Sematologia.

Triângulo das Bermudas: Apesar de muitas teorias (vórtex magnético, vórtex temporal, actividade de Ovnis) essa zona do Triângulo das Bermudas ainda envolve mistérios sem explicação aparente.

Repare, considero fenómenos paranormais aqueles que implicam a intervenção de entidades sobrenaturais. Portanto não mencionei fenómenos parapsíquicos como psicocinese, telepatia, porque esses são fenómenos causados pelas faculdades extrafísicas do ser humano e pertencem ao ramo da Parapsicologia. Alguns autores misturam tudo e chamam telepatia e vidência de fenómenos paranormais.
Algumas pessoas categorizam erradamente, os crop-circles como fenómeno paranormal, eu prefiro incluir isso no ramo da Ufologia, ligado aos extraterrestres. Isso depende de consideramos ou não seres extraterrestres como paranormais. De facto, eles saem do nosso padrão de normalidade, alguns são seres interdimensionais.


Desenvolvimento Psíquico

Desenvolvimento psíquico

Acho intrigante como o FBI e a CIA têm revelado tantos documentos OVNI, nos sites, ao abrigo da Liberdade de Informação (FOIA), sempre que ufologistas e pesquisadores solicitam, e pagam $ pelas cópias dos documentos. Mas no que toca a pesquisas de percepção extra-sensorial (o FBI e a CIA tiveram diversos projectos de estudos sobre visão remota, espionagem psíquica, telepatia) a CIA recusa revelar documentos, porque os considera classificados. Ou seja, têm mais receio de falar sobre estudos psíquicos do que propriamente encobrir a veracidade sobre os OVNIS?
O único motivo que me ocorre é que, eles não queiram que o povo descubra que o poder da mente existe de facto, que todos podemos desenvolver um sexto sentido. John Greenwald, pesquisador e autor do famoso site "Black Vault" costuma solicitar documentos classificados, o site tem milhares de documentos, mas quando solicitou em Setembro de 2014 documentos sobre desenvolvimento psíquico, a CIA recusou.

Aqui está a carta da CIA em resposta, clique para ampliar:

CIA percepçao extrasensorial

Tradução:
Durante o processamento de sua solicitação FOIA datada de 10 de Abril de 2014, enviada à Defense Intelligence Agency (DIA) com relação às informações relativas à Percepção Extrassensorial, a DIA localizou o material da CIA e o encaminhou para nós em 26 de Agosto de 2014 para revisar e responder directamente. Revisamos o material e determinamos que ele está como classificado e será negado na sua totalidade com base nas isenções FOIA relativas a informações livres para desclassificação por estatuto.
Os estatutos relevantes são a Secção 6 da Lei da Agência Central de Inteligência de 1949 e as suas emendas. Uma explicação para essas isenções está anexada.
Como Coordenador de Informações e Privacidade da CIA, sou a oficial responsável por essa determinação.
Você tem o direito de apelar desta resposta ao Painel de Liberação da Agência, sob minha responsabilidade, no prazo máximo de 45 dias a partir da data desta carta. Inclua a base do seu recurso.
Atenciosamente, Michele Meeks
Coordenadora de Informação e Privacidade.


Sílvio Guerrinha

Contacto